quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Timidez...

Ontem recebi um recadinho da prof. do Gu para conversarmos sobre a timidez dele...
Desde bebê ele é tímido... Sabe aqueles bebês fofos, lindos, que dá vontade de apertar? esse era o gu....
Todos queriam pega-lo.. mas ele não ia com ninguém!!! somente eu, meu marido, minha mãe e meu avô Antonio... O restante ele fazia o maior escândalo... e mesmo crescendo, a timidez continuou... Quando entrou no colégio melhorou um pouco, mas bem pouco, tanto que chamou atenção da Evani. Fui procurar artigos sobre crianças tímidas, tem muita coisa, aí vai um deles:

A timidez…

Pretendemos formar crianças autónomas, independentes, com iniciativa, espírito crítico, que se relacionem bem com elas mesmas e com os outros… a sociedade exige-nos isso. Há uma criança tímida na sala e agora? É normal?

A timidez não é negativa. Tecnicamente, timidez é ansiedade em situações sociais, é normal e na dose certa até é saudável.

Não é difícil perceber se uma criança é tímida. Basta estar atenta aos sinais:

® corporais…

- rubor facial;

- tensão muscular;

- tremores;

- palpitações;

- dores de barriga;

- etc..

® no comportamento…

- dificuldade em fazer amigos;

- resistência a brincadeiras de grupo;

- fuga a jogos de equipa;

- vergonha por falar em voz alta;

- procura de refugio junto dos pais, no seu quarto;

- dificuldade em reagir a situações novas ou inesperadas

- etc..

Quais são as principais causas da timidez?

® Medo de situações novas: Algumas crianças temem as situações novas, pelo que têm tendência para se isolarem ou para se evadirem;

® Hereditária: Seja a nível genético (ainda por demonstrar) ou por aprendizagem do comportamento dos pais (por sua vez tímidos), a criança pode encontrar no seu lar uma das causas da timidez;

® Carácter tímido: Existem crianças tímidas desde que nascem, sem existirem no entanto factores sociais ou ambientais que as exponham à timidez;

® Sobreprotecção: Os pais sobreprotectores incutem inconscientemente medos e insegurança nas suas crianças para conseguir uma maior dependência deles, e poderem assim controlá-las melhor;

® Auto-estima e insegurança: Um baixo nível de auto-estima é uma das principais causas da timidez. A insegurança pode ser provocada por diferentes motivos, desde uma educação instável até medos não superados, etc..

Que podemos fazer para dar a volta à vergonha?

® Ensinar-lhe hábitos sociais, preparando a criança para aquilo que a espera. É positivo ensinar a criança a comportar-se em situações sociais e a manter amizades. Por exemplo, saber dizer “por favor” e “obrigado”, apresentar-se às outras crianças, partilhar brinquedos, iniciar uma conversação, etc.;

® Dar-lhe tempo para que assimile as novas situações, o que se passa à sua volta;

® Não insistir ou recriminar (ex.: tens vergonha de tudo!);

® Ser paciente enquanto a criança observa, assimila e se adapta às mudanças;

® Melhorar a auto-estima e auto-confiança da criança: ela deve sentir-se apoiada, tranquilizada face a situações que lhe provoquem tensão;

® Encorajando a criança – valorizando os seus progressos;

® Ajudando a criança a expressar sentimentos e emoções, tendo sempre consciência que pode confiar nos pais para desabafar os seus problemas, dúvidas, receios.

“A timidez, na dose certa, nunca impediu ninguém de concretizar os seus sonhos (…). Há muitas pessoas, consideradas bastante tímidas e introvertidas, que conseguem exprimir-se maravilhosamente pela pintura, pela escrita, pela representação. Encontram na arte a sua libertação. Bastou que lhes dessem uma oportunidade e um voto de confiança.”[1]


Fontes de informação:

Ø AZEVEDO, C. (2006). Tenho vergonha. Pais & Filhos, nº180, Janeiro de 2006, 44-47.

Ø ANZANO, C. (S.D.). A timidez nas crianças. Acedido a 08-01-06, em http://www.imaginarium.pt/vIE/Editorialreportaje.asp?aspIdReportaje=113


Bom, estou absorvendo todas as informações, tentar filtrar, para ajudar meu bebê!!!! Conversei com minha mãe ontem, e eu quando criança fui extremamente tímida..e ainda filha única... lembro de ser um pouco retraída... por isso não quis ter somente um filho....

0 comentários:

Postar um comentário

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Timidez...

Ontem recebi um recadinho da prof. do Gu para conversarmos sobre a timidez dele...
Desde bebê ele é tímido... Sabe aqueles bebês fofos, lindos, que dá vontade de apertar? esse era o gu....
Todos queriam pega-lo.. mas ele não ia com ninguém!!! somente eu, meu marido, minha mãe e meu avô Antonio... O restante ele fazia o maior escândalo... e mesmo crescendo, a timidez continuou... Quando entrou no colégio melhorou um pouco, mas bem pouco, tanto que chamou atenção da Evani. Fui procurar artigos sobre crianças tímidas, tem muita coisa, aí vai um deles:

A timidez…

Pretendemos formar crianças autónomas, independentes, com iniciativa, espírito crítico, que se relacionem bem com elas mesmas e com os outros… a sociedade exige-nos isso. Há uma criança tímida na sala e agora? É normal?

A timidez não é negativa. Tecnicamente, timidez é ansiedade em situações sociais, é normal e na dose certa até é saudável.

Não é difícil perceber se uma criança é tímida. Basta estar atenta aos sinais:

® corporais…

- rubor facial;

- tensão muscular;

- tremores;

- palpitações;

- dores de barriga;

- etc..

® no comportamento…

- dificuldade em fazer amigos;

- resistência a brincadeiras de grupo;

- fuga a jogos de equipa;

- vergonha por falar em voz alta;

- procura de refugio junto dos pais, no seu quarto;

- dificuldade em reagir a situações novas ou inesperadas

- etc..

Quais são as principais causas da timidez?

® Medo de situações novas: Algumas crianças temem as situações novas, pelo que têm tendência para se isolarem ou para se evadirem;

® Hereditária: Seja a nível genético (ainda por demonstrar) ou por aprendizagem do comportamento dos pais (por sua vez tímidos), a criança pode encontrar no seu lar uma das causas da timidez;

® Carácter tímido: Existem crianças tímidas desde que nascem, sem existirem no entanto factores sociais ou ambientais que as exponham à timidez;

® Sobreprotecção: Os pais sobreprotectores incutem inconscientemente medos e insegurança nas suas crianças para conseguir uma maior dependência deles, e poderem assim controlá-las melhor;

® Auto-estima e insegurança: Um baixo nível de auto-estima é uma das principais causas da timidez. A insegurança pode ser provocada por diferentes motivos, desde uma educação instável até medos não superados, etc..

Que podemos fazer para dar a volta à vergonha?

® Ensinar-lhe hábitos sociais, preparando a criança para aquilo que a espera. É positivo ensinar a criança a comportar-se em situações sociais e a manter amizades. Por exemplo, saber dizer “por favor” e “obrigado”, apresentar-se às outras crianças, partilhar brinquedos, iniciar uma conversação, etc.;

® Dar-lhe tempo para que assimile as novas situações, o que se passa à sua volta;

® Não insistir ou recriminar (ex.: tens vergonha de tudo!);

® Ser paciente enquanto a criança observa, assimila e se adapta às mudanças;

® Melhorar a auto-estima e auto-confiança da criança: ela deve sentir-se apoiada, tranquilizada face a situações que lhe provoquem tensão;

® Encorajando a criança – valorizando os seus progressos;

® Ajudando a criança a expressar sentimentos e emoções, tendo sempre consciência que pode confiar nos pais para desabafar os seus problemas, dúvidas, receios.

“A timidez, na dose certa, nunca impediu ninguém de concretizar os seus sonhos (…). Há muitas pessoas, consideradas bastante tímidas e introvertidas, que conseguem exprimir-se maravilhosamente pela pintura, pela escrita, pela representação. Encontram na arte a sua libertação. Bastou que lhes dessem uma oportunidade e um voto de confiança.”[1]


Fontes de informação:

Ø AZEVEDO, C. (2006). Tenho vergonha. Pais & Filhos, nº180, Janeiro de 2006, 44-47.

Ø ANZANO, C. (S.D.). A timidez nas crianças. Acedido a 08-01-06, em http://www.imaginarium.pt/vIE/Editorialreportaje.asp?aspIdReportaje=113


Bom, estou absorvendo todas as informações, tentar filtrar, para ajudar meu bebê!!!! Conversei com minha mãe ontem, e eu quando criança fui extremamente tímida..e ainda filha única... lembro de ser um pouco retraída... por isso não quis ter somente um filho....

Nenhum comentário:

Postar um comentário